João Silva mais veloz na especial de abertura do Rali da Calheta

Um tempo canhão, aquele que João Silva averbou na especial de abertura do Rali da Calheta 2018. O piloto do Citroën DS3 R5 bateu toda a concorrência de forma clara, que nos poucos mais de 3 km´s do traçado ficou a 02,0 segundos do mais direto perseguidor, Alexandre Camacho. O piloto do Team Vespas levou o Skoda Fabia R5 ao segundo lugar, mas deixou a entender no final do troço, que poderia ter feito um pouco melhor. Rui Pinto levou o Ford Focus ao terceiro posto, tendo se queixado, a exemplo de muitos outro pilotos, de entrar para a especial com os pneus frios. Miguel Nunes foi o quarto mais rápido, não ficando de todo satisfeito com a sua performance. 02,4 segundos de distância para o líder pode-se considerar muito para uma curta especial de classificação. Filipe Pires apresentou-se em grande nível, e o quinto lugar averbado nesta PEC é sinal disso mesmo. Pedro Paixão com um andamento endiabrado, levou o Renault Clio R3 Maxi ao sexto lugar. Vasco Silva foi o sétimo colocado a bordo do Mitsubishi Lancer Evo X, estando a apenas 8 décimas de segundo do seu principal rival na luta pela RC2N, Filipe Pires. Nas restantes posições três Citroën C2, Bruno Fernandes, Alexandre Mata e Ricardo Gonçalves, que encerraram os dez mais rapidos.

O dia de amanhã tem lugar mais 8 provas especial de classificação, onde teremos grandes lutas na estrada para acompanhar.


Foto: Felisberto Nóbrega
Share on Google Plus

MaisRalis

Envie suas noticias para maisralis.madeira@gmail.com

0 comentários:

Postar um comentário