Nacional: Francisco Abreu não fecha portas aos ralis

O madeirense Francisco Abreu que no ano passado fez o CPVT e o TCR Europe, mostrou o seu potencial e grande evolução, ajudando no crescimento da máquina francesa. Para já não há novidades mas o piloto mantém a mente aberta.

Em declarações ao Autosport,  o piloto deu a conhecer de que está a trabalhar arduamente num projeto pessoal para a temporada de 2019, estando em cima da mesa a continuidade nas pistas ou até mesmo dar o salto para os ralis. 

Com provas dadas dentro dos circuitos, Francisco Abreu já mostrou que pode ser eficaz nos ralis, onde marcou por duas vezes presença no Rali Vinho Madeira, em 2016 como viatura de segurança, e em 2017 na competição a "doer", sendo ambas as vezes navegado por Duarte Lagos num Peugeot 208 R2.

"No caso dos ralis, a concretizar-se, seria sempre numa perspectiva de evolução e de crescimento. Apenas fiz dois ralis pelo que me falta experiência. É um mundo de que gosto muito mas neste caso a questão de tempo não seria fácil de conciliar.” 

O piloto afirmou também que gostou da experiência com a Sport&You e gostava de se manter na equipa, caso isso seja possível, dependendo sempre da competição em que irá apostar. Abreu é um dos jovens talentos a nível nacional, que já provou o seu valor tanto em Portugal, como lá fora, com a sua participação no TCR Europe. Para já, como é habitual nesta fase do ano, há poucas certezas… a única certeza é a vontade do piloto em continuar a competir.


Share on Google Plus

MaisRalis

Envie suas noticias para maisralis.madeira@gmail.com

0 comentários:

Postar um comentário