WRC: Toyota com boa performance em Monte Carlo

Para a Toyota a primeira prova do ano no Campeonato do Mundo de Ralis teve um sabor agridoce. Se por um lado Ott Tanak esteve brilhante na fase final do evento, a vitória fugiu com o furo sofrido no segundo dia.

Terceiro no final do Rali de Monte Carlo, tal como sucedera em 2017, Tanäk encetou uma notável recuperação, tendo mesmo ganho todas as especiais do terceiro dia de prova. E isso deixou o estónio satisfeito.

Tommi Makinen tem razões para estar satisfeito, quer com a exibição de Tanak, quer com a performance geral dos Yaris WRC, pois para além de Jari-Matti Latvala ter terminado no top cinco, contribuindo para que a Toyota arrecadasse bons pontos, Kris Meeke deu um ‘ar da sua graça’ ao vencer a Power Stage. Algo de assinalar, já que era o primeiro rali do britânico com o carro japonês e com um novo navegador (Sebastian Marshall).

A performance de Kris foi impressionante no seu primeiro rali na nossa companhia. Penso que ele enviou um sinal a toda a gente para o resto da época. O parque de assistência vai estar de olho nele”, comentou o diretor da equipa Toyota.

Foi um grande final de rali para nós, é um resultado muito positivo. Marcámos alguns bons pontos para o campeonato. Fomos mais rápidos em nove das 15 especiais, o que prova o forte desempenho do nosso carro. ”, disse Mäkinen.

Share on Google Plus

MaisRalis

Envie suas noticias para maisralis.madeira@gmail.com

0 comentários:

Postar um comentário