Açores, Rali Ilha Azul: Bernardo Sousa vence pela primeira vez em 2019

A dupla madeirense Bernardo Sousa e Victor Calado venceram, hoje, a 30ª edição do Rali Ilha Azul, a bordo do Citroen C3 R5. No segundo posto, terminou Luís Rego e Jorge Henriques, com um Skoda Fabia R5. Completou o pódio João Borges e Sandro Laranjo, acompanhados por um Subaru Impreza STI.

O rali começou no final da tarde do dia de ontem com a classificativa “Praia do Almoxarife”, com 2.5km cronometrados. Luís Rego venceu a especial, deixando Bernardo Sousa a uma décima de segundo de diferença. Hoje, as 21 equipas inscritas na prova tiveram que percorrer oito especiais cronometradas.

O açoriano Luís Rego liderou grande parte do rali quando, na especial oito, Sousa venceu a especial, passando para a liderança da prova. Na especial nove, o madeirense voltou a vencer a especial, vencendo o rali por sete segundos. No quarto lugar terminou Ruben Rodrigues, acompanhado por Estêvão Rodrigues com o Peugeot 208 R2.

Nesta prova, Henrique Moniz regressou à competição. No regresso, Moniz fez-se acompanhar por Jorge Diniz e a escolha recaiu num Peugeot 208 R2, idêntico ao de Ruben Rodrigues. No seu regresso, Moniz terminou a prova no sexto lugar à geral. À sua frente terminou Rafael Botelho/Rui Raimundo com um Citroen DS3 R3T.

A única dupla feminina em prova, Ana Castro e Ivone Rodrigues terminaram o Rali Ilha Azul no 12º lugar, a bordo de um Toyota Yaris. Das 21 equipas inicialmente inscritas, sete não conseguiram completar todas as especiais de classificação. A dupla Adalberto Correia e Tomás Vultão foram a única equipa, por entre os desistentes, que sofreram um despiste, sem consequências físicas para a equipa. Todas as outras, desistiram por avarias mecânicas.

Texto: Celso Teixeira 

Share on Google Plus

MaisRalis

Envie suas noticias para maisralis.madeira@gmail.com

0 comentários:

Postar um comentário