Madeira, Rali da Calheta: Figurino da prova com novidades

A edição 15 do Rali da Calheta 2019, irá apresentar algumas novidades no figurino da prova, com especial destaque na inclusão de uma segunda classificativa no primeiro dia de competição (sexta-feira).

A classificativa em pleno centro da Calheta volta a abrir o rali, mas desta vez é feita por duas vezes e em grupos, muito semelhante ao que se tem vindo a fazer em outras provas, como o passado Rali do Marítimo.

O desenho da classificativa já não coloca os carros a fazer inversão de marcha junto à escola nas edições anteriores. A classificativa começa um pouco depois do hotel da Calheta subindo em direção à Casa das Mudas, passando pela escola e termina na rua da Vargem, prova especial de classificação com 2,44 km.

No sábado em sistema de "round", a estrutura da prova contempla 4 provas especiais de classificação, sendo a primeira do dia, uma nova especial, Calheta de 7 km (3ª e 7ª PEC), uma prova especial de classificação que arranca na Rua São João e termina na  Rua Simão Gonçalves da Câmara.

Segue-se a prova de classificação do Paul do Mar (4ª e 8ª PEC) de 6,72 km, com partida no Paul do Mar e final na Fajã da Ovelha.

Como terceira prova especial de classificação do dia, é o regresso da classificativa da Raposeira (5ª e 9ª PEC), mas desta vez com alterações, com um traço diferente do que tem sido o habitual, desta vez com arranque Lombada dos Cedros, na antiga estrada ER101, entroncando no Caminho do Lombo da Velha, em direção a ER210, estrada Prazeres/Fonte do Bispo, terminado na Fonte do Bispo num total de 11 Km de extensão.

A terminar a ronda de classificativas, a prova com maior distância, Ponta do Pargo (6ª e 10ª PEC), com 10,50 Km, num trajeto bem diferente dos anteriores. Tem início nas Achadas da Cruz e com o centro da Ponta do Pargo a receber o final da classificativa.

Share on Google Plus

MaisRalis

Envie suas noticias para maisralis.madeira@gmail.com

0 comentários:

Postar um comentário