RVM, Gil Freitas: “Excelente seria estar entre os dez primeiros”



A presente temporada tem sido para Gil Freitas “quase para esquecer. Naquela que, no fundo, é a nossa primeira época com o Porsche 991, em dois ralis tivemos furos, o que num dos casos forçou o abandono noutro uma distração levou-nos a abordar uma curva mais tarde e dar um toque e em Machico um problema na bomba de gasolina provocou danos no motor que, desde então, está a debitar menos 40 ou 50 cavalos do que devia. No Rali Vinho da Madeira também não temos sido muito felizes e em cinco participações só terminamos uma. Nesse contexto, queremos em 2019 concluir a prova adotando uma toada rápida e tentando vencer o grupo. Excelente seria terminar entre os dez primeiros”.

Gil Freitas estreou-se nos ralis apenas em 2013 mas desde as suas primeiras participações que se tem feito notar. Depois do Opel Kadett GT/E da estreia, o piloto tripulou um Opel Ascona 400 e um Citroën DS3 R5 mas tem sido ao volante de duas versões de Porsche 911 GT3 que tem atingido os seus melhores resultados. Freitas foi campeão nacional do grupo RGT em 2015 e já venceu ao nível absoluto duas provas do Campeonato da Madeira de Ralis Coral.
Share on Google Plus

MaisRalis

Envie suas noticias para maisralis.madeira@gmail.com

0 comentários:

Postar um comentário