Madeira, Rali da Calheta: Ricardo Gonçalves "Correu tudo bem, o carro esteve irrepreensível"


A dupla SonhoR, Ricardo Gonçalves e Daniel Capelo, a competir com as cores do Clube Desportivo de São Roque terminou a XVIII edição do Rali da Calheta, na qual estreou o Ford Fiesta R2T, alcançando o pódio final, com os seguintes resultados no Campeonato de Ralis Coral da Madeira: 14ª posição à geral, 2ª posição no Troféu Eng. Rafael Costa e 2ª posição na Promoção Grupo P2 – Classe 3.

Os objetivos a que a equipa se propôs foram atingidos, com o alcançar do pódio final, acumulando conhecimento da nova viatura, o que permitiu um incremento consolidado do seu andamento, refletindo-se na contínua melhoria dos tempos obtidos a cada prova especial de classificação. A equipa não podia ter tido melhor arranque, na noite de sexta-feira passada, em que na estrada e áreas envolventes repletas de público, numa atmosfera entusiasmante, num final de dia ameno e tão aprazível, numa localidade que tão bem recebe o automobilismo e o seu público.

A equipa iniciou a competição sendo a mais rápida por entre as viaturas da sua competição, logo na primeira prova especial disputada, no que ao Troféu Eng. Rafael Costa diz respeito, somando dessa forma o seu primeiro ponto da época desportiva. O sol e as temperaturas quentes marcaram presença durante todo o segundo dia de competição. No início da 2ª secção, a equipa sentiu nomeadamente na 3ª prova especial de classificação alguma dificuldade em manter a velocidade desejada, perdendo tempo para os seus diretos rivais. Já na 4ª prova especial, numa toada mais intensa rubricou o melhor tempo por entre as viaturas do Troféu Eng. Rafael Costa, mostrando dar sinais de estar a começar a cimentar um melhor entrosamento com o carro, para logo de seguida, na última prova especial de classificação da 2ª secção, a 5ª prova especial - Ponta do Pargo 1, fruto de um furo lento, a levou a perder algum tempo. Na 3ª e última secção do Rali da Calheta, a equipa venceu duas das quatro especiais disputadas, continuando a evidenciar um contínuo crescimento, melhorando todos os seus registos consecutivamente ao longo da prova, fruto do cada vez maior à vontade com o carro.

Em declarações de balanço, na passagem no pódio final, ao Portal MaisRalis, que realizou a cobertura integral da prova com transmissão online da mesma, Ricardo Gonçalves expressava a satisfação, “Só podemos dizer coisas boas, estamos a sorrir desde que estamos dentro do carro. Correu tudo bem, o carro esteve irrepreensível. Somente um furo lento limitou andamento numa parte do rali. Muito para continuar a aprender, para que possamos melhorar o nosso andamento, mas muito felizes pelas opções que tomamos. Estamos desejosos de chegar ao Rali da Ribeira Brava.” Agradecer todo o apoio do público, dos adeptos, amigos e às nossas famílias.
Share on Google Plus

MaisRalis

Envie suas noticias para maisralis.madeira@gmail.com

0 comentários:

Postar um comentário